FMZ A RÁDIO DA FAMÍLIA

Home Notícias Meio Ambiente

Meio Ambiente

06.06.2017


Semana do Meio Ambiente leva investimentos à região do Caparaó

Programa tem financiamento do Banco Mundial, um investimento total estimado de USS 323 milhões, ou seja, cerca de R$ 1 bilhão

 

 

 

Com ação integrada na recuperação de florestas, no armazenamento de água para garantir segurança hídrica, regularização dos cursos d’água e implantação de sistemas de esgotamento sanitário, o Governo do Estado anunciou, nessa segunda-feira (05), Dia Mundial do Meio Ambiente uma série de investimentos na Região do Caparaó.

 

Os eventos evidenciam o compromisso com o desenvolvimento sustentável. A programação teve início nesta segunda-feira (05), em Guaçuí e Dores do Rio Preto, interior do Espírito Santo, segue nesta terça-feira (06) para Ibatiba, com anúncio de nova chamada para apoio a ações de restauração florestal no Espírito Santo na Bacia do Rio Pardo e se encerrará com visitação a Unidade de Conservação de Iúna.

 

 "É a primeira vez que o Parque do Caparaó está sediando o início das comemorações da Semana Estadual do Meio Ambiente. Estamos fazendo história com políticas públicas inovadoras. É um dia importante para refletirmos sobre a necessidade do equilíbrio ambiental do planeta. Temos que pensar e  agir para que possamos ganhar qualidade de vida presente e um futuro mais próspero para nossos descendentes", destacou.

 

Na oportunidade, o governador Paulo Hartung acompanhou as obras do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem em Dores do Rio Preto e Ibatiba, e também, assinou a ordem de serviço para ampliação e melhorias do sistema de abastecimento e tratamento de água do Distrito de Pedra Menina, que fica em Dores do Rio Preto. "Estamos em uma caixa d'Água do Espírito Santo e precisamos restabelecer a cobertura florestal para que a gente possa recuperar e preservar nossas nascentes. É nesta direção que vamos atuar. Vamos celebrar essa data trabalhando e avançando em nossa política ambiental", explicou. A região é conhecida por produzir o melhor café arábica do Brasil, o Forquilha do Rio. O grão capixaba venceu no ano passado o primeiro lugar no Concurso Coffe On The Year 2016, um dos mais importantes do Brasil. Ao lado dos pais, Onofre e Conceição, o produtor Ademir Abreu de Lacerda afirmou que os cafés brasileiros estão entre os melhores do mundo. "Os cafés especiais estão virando referência no país. Ganhamos já a competição nacional. Sabemos que toda a região tem essa potencialidade pelo clima e a assistência do Incaper é muito importante para nós. Em breve estaremos no cenário nacional como grande produtor de café especiais", disse Ademir. O secretário da Agricultura, Octaciano Neto, destacou a potencialidade do setor no Estado e a importância de se investir em qualidade como forma de aumentar a renda do produto rural. 

 

O Programa é realizado pela Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), em um período de cinco de cinco anos, e tem financiamento do Banco Mundial, um investimento total estimado de USS 323 milhões, ou seja, cerca de R$ 1 bilhão. Em Dores do Rio Preto, a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) está investindo R$ R$ 4.920.674,05 em obras de implantação, reabilitação e ampliação do sistema de esgotamento sanitário. A previsão de término é em 2018, em que dois mil habitantes serão beneficiados. Esta obra faz parte do primeiro lote do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem, e inclui 5,6 mil metros de redes coletoras, ligações domiciliares, ligações intradomiciliares, uma estação de tratamento de esgoto e duas estações elevatórias.  Em Dores do Rio Preto, a Estação de Tratamento de Esgoto terá capacidade de tratar seis litros por segundo, ou seja, serão 518.400 litros tratados por dia.

 

Na oportunidade, o governador também anunciou a ampliação e melhorias do sistema de abastecimento e tratamento de água. Com início este mês, e previsão de duração de 12 meses e no escopo da obra estão adutora de água bruta, estação de tratamento de água, reservatório, elevatória de água tratada e nove mil metros de rede de distribuição. O investimento, de R$ 2.965.832,00, será realizado com recursos próprios da a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan).

 

 

Já nesta terça-feira, em Ibatiba, será anunciado o benefício a 13 mil habitantes, com investimento de cerca de R$ 20 milhões. O sistema de esgotamento sanitário será formado por 41,4 mil metros de redes coletoras, ligações domiciliares, ligações intradomiciliares, uma estação de tratamento de esgoto e quatro estações elevatórias. No município, a Estação de Tratamento de Esgoto terá capacidade de tratar 32,5 litros por segundo, ou seja, 2.808.000 litros de esgoto tratados por dia pela Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan). A previsão de término também é para 2018. As obras são realizadas por meio do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem.

 

 

Reflorestar

 

Terça-feira (06), também, durante a visita ao Caparaó, será realizado o lançamento da nova chamada para apoio a ações de restauração florestal no Espírito Santo na Bacia do Rio Pardo. Serão destinados 120 contratos que vão beneficiar os municípios que compõem o entorno do Caparaó. Serão destinados 120 contratos que vão beneficiar os municípios que compõem o entorno do Caparaó.

 

O governador ressaltou que, no Espírito Santo, os produtores rurais estão modificando a cultura de consumo e tratamento dos recursos naturais. "É nítido a mudança, principalmente, após a forte crise hídrica que vivenciamos.  Precisamos  transformar o bom propósito em boas ações. É necessário criarmos uma militância para formar gente e proteger o meio ambiente. Hoje, estamos celebrando, trabalhando e dando passos firmes para sustentabilidade ambiental", explicou.

 

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Aladim Cerqueira, o Programa Reflorestar é o maior investimento ambiental da histórica do Espírito Santo. Em 2013, foram 36 contratos assinados. Hoje, são mais de 2.000 produtores beneficiados e mais de 3.000 querendo fazer parte do programa. Até o momento, foram investidos R$ 14 milhões.

 

“Só agora em 2017 estão sendo investidos no programa mais R$ 10 milhões. Atualmente, são 11 mil hectares de florestas recuperadas/preservadas (equivalem a 11 mil campos de futebol). A meta é recuperar 80 mil hectares, sendo 60 mil por meio do monitoramento e da fiscalização da vegetação nativa em processo natural de regeneração e outros 20 mil hectares a partir de práticas de restauração florestal, até o final de 2018”, ressaltou o secretário.

 

Agricultura

 

O Governador anunciará, ainda, a Ordem de Serviço do Caminhos do Campo entre a Sede de Ibatiba e o Distrito de Santa Maria. As obras no trecho que liga a sede de Ibatiba ao distrito de Santa Maria serão retomadas. Elas estão paralisadas desde novembro de 2014. O trecho tem 4 quilômetros e o investimento total para a pavimentação é de R$ 3,3 milhões.

 

 

Fonte: asscom/Governo do Estado

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


 

 


Facebook


Twitter


Clima

(28) 3546-3068

radiofmz@radiofmz.com.br

 

Av. Ângelo Altoé, 886 - Ed. Esmig - Sala 01 - Centro - CEP - 29375-000 - Venda Nova do Imigrante (ES)


© 2017 Rádio FMZ. Todos os direitos reservados.