FMZ A RÁDIO DA FAMÍLIA

Home Notícias Cidades

Cidades

25.11.2020


Venda Nova promove conscientização sobre violência contra a mulher

Os homicídios de mulheres dentro de casa aumentaram mais de 17% entre 2012 e 2017 em todo o Brasil

 

 

 

 

O 25 de novembro é considerado o Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, data em que o mundo inteiro reflete sobre os esforços necessários para combater esse problema, que ainda é muito presente e não dá sinais de que vai diminuir. É dever de todos reconhecer e denunciar para ajudar a salvar vidas de mulheres de todas as idades.

 

Atlas da Violência 2019, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), revela que quase 5 mil mulheres foram assassinadas no Brasil em 2017, o maior número em dez anos. Ainda segundo o Ipea, os homicídios de mulheres dentro de casa aumentaram mais de 17% entre 2012 e 2017. Os dados revelam que a violência contra as mulheres precisa ser combatida todos os dias. Só assim será possível reduzir esses indicadores.

 

Reprodução/Ipea
Reprodução/Ipea

 

Não é apenas morte

Os homicídios são a forma mais clara de violência contra a mulher, mas eles indicam apenas parte do problema. De acordo com a Lei Maria da Penha, a violência doméstica é “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”. Por isso, é preciso ficar atento aos sinais de abuso e procurar apoio.

 

Quem é o agressor?

O agressor geralmente é do sexo masculino e apresenta comportamentos como autoritarismo, falta de paciência, irritabilidade, grosserias e xingamentos constantes, ou acompanhados de alcoolismo e uso de outras drogas.

 

Existe ajuda

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Venda  Nova do Imigrante atende mulheres vítimas de violência. Você pode buscar ajuda no Creas e em várias instituições que oferecem apoio às mulheres. Venda Nova do Imigrante tem, inclusive, uma Delegacia da Mulher, especializada nesse tipo de atendimento. Também é possível ligar para o 180 de forma anônima e denunciar situações de abuso. Denuncie e ajude e proteger as mulheres de Venda Nova do Imigrante!

 

 

 

Com informações da Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante.

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


 

 


Facebook


Twitter


Clima

(28) 3546-3068

radiofmz@radiofmz.com.br

 

Av. Ângelo Altoé, 886 - Ed. Esmig - Sala 01 - Centro - CEP - 29375-000 - Venda Nova do Imigrante (ES)


© 2017 Rádio FMZ. Todos os direitos reservados.