FMZ A RÁDIO DA FAMÍLIA

Home Notícias Comunidade Italiana

Comunidade Italiana

14.06.2012


Grupo de dança de Castelo mais uma vez na Itália

De 19 a 24 deste mês, o "Radici Città di Torino" estará participando da "Festa de San Giovanni" na cidade de Turim, a convite da companhia matriz

 

 

 

Um grupo de 13 castelenses se prepara para, nos próximos dias, embarcar para a Itália. Trata-se da “Compagnia Radici Città Di Torino”, um grupo de jovens dançarinos que entre os dias 19 e 24 deste mês estará participando da “Festa de San Giovanni” na cidade de Turim, a convite da companhia matriz. É a terceira vez que o grupo se apresenta naquele país.

 

A viagem só será possível graças ao apoio do Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) que, por meio de um edital de concorrência pública concedeu as passagens aéreas. A Prefeitura de Castelo vai disponibilizar o transporte até o Rio de Janeiro para o embarque da equipe. Hospedagem, alimentação e locomoção ficarão a cargo da Associação Piemontesa.

 

Entre as 13 pessoas estão a presidente da Società italiana di Castello (SIC), entidade que mantém o grupo de dança, Linda Mello, a diretora cultural e assessora de imprensa da SIC, a jornalista Letícia Gava, o coordenador do grupo, Marcos Lopes, e dez dançarinos com idades a partir de 14 anos. Para três bailarinos esta será a segunda participação na festa italiana, porém, para a maioria será a primeira vez até mesmo que irão pisar dentro de um avião.

 

A “Festa de San Giovanni” (Festa de São João) é a maior festa da cidade de Turim, capital da Região do Piemonte. É quando o personagem folclórico “Gianduia”, encenado pelo Professor Andréa Flamini, recebe as “chaves da cidade” e distribui o “pão da caridade”, numa forma de representar a fartura para o povo.

 

Durante uma semana o grupo castelense vai se juntar à companhia matriz e participar não apenas de apresentações dançando e cantando, mas também acompanhá-los em visitas oficiais às sedes dos governos (Municipal, Estadual e Federal), polícias, igrejas e também em cortejos por diversos pontos da cidade.

 

O ponto alto das comemorações acontece na noite de 24 de junho, último dia da festa, quando na praça principal de Turim é acesa uma enorme fogueira que possui uma cabeça de touro no topo, fazendo alusão ao nome da cidade, e espera-se até que ela caia. E de acordo com a crença do povo, se cair para o lado norte significa prosperidade durante aquele ano. Caso caia para o sul quer dizer decadência, atraso, dificuldade.

 

O grupo está animado e ansioso para a partida que acontece no próximo sábado (16). O retorno de toda equipe em solo capixaba está marcado para 28 de junho.

A companhia de dança

 

A “Radicci Città di Torino” é uma companhia de dança que hoje possui 26 integrantes, entre dançarinos e equipe técnica. Há 17 anos realiza ensaios duas vezes por semana e faz uma média de cerca de 20 apresentações anuais. Sempre representa o município de Castelo em eventos oficiais, culturais e turísticos tanto no Espírito Santo quanto em outros Estados.

 

A companhia castelense é uma filial da “Companhia Città di Torino”, da cidade de Turim, na Itália, e co-irmã de outra idêntica que existe em Rosário na Argentina. Sendo assim, o grupo de dança capixaba é o único do Brasil e reconhecido pelo Governo Italiano por reproduzir o folclore piemontês genuíno.

 

Além dos ensaios, o grupo está em constante aperfeiçoamento através de contatos com a Companhia Italiana. O pesquisador italiano Andréa Flamini é o responsável em fazer os contatos com a filial no Brasil. É ele quem fornece todo o material que dá subsídios às apresentações, reproduzindo o folclore piemontês de forma mais original possível.

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


 

 


Facebook


Twitter


Clima

(28) 3546-3068

radiofmz@radiofmz.com.br

 

Av. Ângelo Altoé, 886 - Ed. Esmig - Sala 01 - Centro - CEP - 29375-000 - Venda Nova do Imigrante (ES)


© 2017 Rádio FMZ. Todos os direitos reservados.